Quem Sou?

UM POUCO DE MINHA HISTÓRIA...

Paulistana que “cariocou-se”, Designer Gráfico e, durante algum tempo, fiz diagramação de livros para algumas editoras. Também desenvolvo Marcas e Identidade Visual. Já fiz um tour em compilação em material Técnico de engenharia.

Hoje, além dessa paixão pelo design gráfico, faço encadernações artísticas artesanais, cartonagem e alguns produtos de papelaria que acabaram por complementar meu trabalho como designer.

Os livros que faço são feitos um a um e carregam características próprias e, por mais que sejam da mesma coleção, podem variar um pouquinho no tamanho e nas estampas de acordo com o corte do papel ou tecido, tudo é feito com muito carinho e cuidado como deve ser um trabalho artesanal.

COMO NASCEU O MILUÍ ESTÚDIO?

Nascido como Estúdio Arte no Papel, Miluí Estúdio veio de uma forma empírica. Em princípio, ganhei um computador e uma impressora matricial. Comecei e fazer currículos para pessoas que eu sabia que estavam desempregadas, aí, com o tempo, elas começaram a pedir que eu cobrasse um valor, pois ficavam sem jeito de me pedir esse “favor”.

Lembro-me que coloquei um preço simbólico, e assim foram crescendo o número de clientes. Quando vi já estava fazendo trabalhos para universitários, cartões de visita e todo tipo de impressos, mas sempre sem o compromisso de ser uma profissão. Até que meu esposo ficou desempregado e coloquei uma placa do lado de fora do portão da minha casa e começou a aparecer clientes.

Assim eu fui trabalhando e trabalhando e um cliente foi indicando ao outro. Quando eu vi, já estava envolvida e feliz com tantos trabalhos, mesmo grávida com um barrigão eu tinha prazer em ficar até de madrugada digitando e diagramando textos, apostilas etc.

Meu filho nasceu, e eu continuei, e as coisas foram dando tão certo que resolvi abrir uma loja, já que meus clientes sempre eram atendidos no portão e ficavam no sol ou na chuva. =D.

Fiz a loja, registrei a Empresa, contratei funcionários, adquiri equipamentos e o negócio foi de vento em popa. Meu esposo voltou ao mercado de trabalho e eu comecei uma faculdade de Design gráfico, me especializei e hoje continuo fazendo o que amo.

Depois de um tempo, descobri que estava perdendo a audição no ouvido direito, diagnosticada com Otosclerose, passei por algumas cirurgias, voltei a ouvir, porém outro trauma me fez passar por um novo procedimento cirúrgico (o sétimo) o qual me deixou sem andar e com uma labirintite crônica por aproximadamente quatro anos, também perdi a audição em aproximadamente 80% e hoje além de uma prótese interna, uso uma externa.

Nesse período, havia dias que eu conseguia ficar em pé, mas na maior parte do tempo ficava de cama, porém sempre tentando fazer algo. Atendia clientes, enviava encomendas e só alguns sabiam do meu estado.

Hoje depois de uma melhora milagrosa, a Gráfica passou a ser Estúdio de Design e Encadernação, sigo fazendo Projetos de Design Gráfico, Diagramação de livros digitais, encadernação e cartonagem para clientes que confiam suas Marcas e Projetos em minhas mãos.